CMMY - Assessoria Brasil-China

Criada em 19 de junho de 2008 a CMMY se consolida no mercado com a finalidade de prestar a mais ampla assessoria e consultoria nas negociações entre Brasil e China. Composta por sócios de nacionalidades brasileira, Cristian Martins e chinesa, Yu Mingtao, a empresa está apta para representar seus clientes com facilidade e desenvoltura nos mercados de ambos os países, nas mais diversas etapas do Comércio Internacional, a CMMY realiza desde a procura por fornecedores ou clientes, até a concretização do negócio, sempre buscando a satisfação dos clientes e fornecedores, valorizando a segurança, a credibilidade e o fortalecimento de parcerias.

Nossos Serviços

Exportação & Importação

Oferecemos o melhor serviço para sua empresa, proporcionando segurança e confiabilidade.

Visto

Podemos auxiliá-lo a obter Visto na China e no Brasil. Contamos com escritório em BeiJing para fornecer carta convite quando necessário e assessorar na diversas etapas.

Missões Empresariais

Acompanhamos comitivas empresariais para ambos os países – Brasil e China. Fornecemos total assistência nos serviços de tradução, translado, reserva de hotéis, passagens aéreas e aluguel de carro.

Internacionalização

Assessoramos empresas a investirem em solo estrangeiro. Podemos ajudá-lo a fechar contratos com parceiros comerciais chineses bem como para adquirir bens e imóveis na China.

Etapas do Processo

Conheça como funcionam as etapas do processo da CMMY Assessoria Brasil-China

Q & A

Há vários riscos no comércio internacional, inconformidade nos produtos adquiridos, comunicação com os agentes envolvidos, burocracia, idoneidade do fornecedor entre outros. A CMMY busca minimizar estes riscos com seu know-how e experiência conectando clientes e fornecedores, ultrapssando barreiras culturais e geográficas, através de nossa sede em Pequim.
Muitos clientes já nos relataram que demoraram pra nos procurar pois tinham receio que era preciso grande volume de capital para fazer uma importação e depois ficaram surpresos com a maneira como isso funciona. Primeiramente, precisamos entender que não existe uma receita de bolo indicando a fórmula com o valor necessário para uma importação. Cada produto tem uma realidade diferente e consequentemente uma necessidade de valor diferente. Nós já realizamos importação de andaimes de fachada no valor de USD 1541,00 para empresa de construção civil que só encontrou o produto desejado com fornecedor Chinês. Precisamos levar em conta também a velocidade de giro que a mercadoria terá e a frequências necessária que a importação precisa acontecer. Para isso temos equipe especializada que auxilia na criação do planejamento.
Existe uma falsa impressão de que os produtos chineses são de baixa qualidade. Neste caso, vale lembrar que há pouco tempo esta também era a fama do Japão. Assim como no caso de seus vizinhos nipônicos, a China aumentou exponencialmente sua qualidade e tecnologia, sendo hoje o país das fábricas dos produtos de mais alta tecnologia, especialmente eletrônicos. Claro que isso não é uma regra absoluta; no final das contas, a qualidade recebida é proporcional à paga.
O processo de importação completo pode gerar um calendário diferente para cada empresa. Uma importação da China para o Brasil costuma levar cerca de 10 dias em fretes aéreos, com produtos à pronta-entrega. Quando trata-se de frete marítimo precisamos considerar mais fatores, como estufagem do contêiner e viagens mais demoradas. Portando, a duração é de aproximadamente 35 dias até o porto de Santos e 42 dias ao porto de Rio Grande, além do período para desembaraço aduaneiro.".